Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ONDE, DONDE ou AONDE?

_________________________________________

Dúvida Frequente

 

Onde pertence a um tipo especial de advérbios conhecidos como advérbios interrogativos (onde, quando, como, por que). Estes advérbios são usados em frases interrogativas (diretas ou indiretas). Denotam, respectivamente, lugar, tempo, modo e causa.

Aonde é a combinação da preposição [a] + [onde]. A preposição [a] adicionada ao [onde] é que dá ao advérbio interrogativo a ideia de movimento (= lugar a que).

Na escrita da Língua Portuguesa Clássica, não se distinguia entre onde e aonde: “Nize? Nize? Onde estás? Aonde? Aonde?” (Cláudio Manoel da Costa)

Na linguagem coloquial, também, pouca distinção se faz de onde e aonde. Portanto, não é raro, nem estranho, trocar-se onde por aonde. A diferença de pronúncia é mínima, por isso quase não se nota essa troca.

É, pois, a linguagem culta moderna que insiste em distingui-los. Se você deseja satisfazer, em sua escrita os padrões da língua culta, procure observar essa distinção.

A DIFERENÇA ENTRE ONDE, AONDE E DONDE

ONDE – indica o lugar em que se está ou em que se passa algum fato. Geralmente, refere-se a verbos que exprimem estados ou permanência (ser, viver, estar, ficar, permanecer, encontrar-se, achar-se, etc.). Em termos práticos, [onde] pode ser substituído por: em que lugar, no qual, em que:

   Onde você mora? (o mesmo que: Em que lugar você mora?)

   Onde você vai ficar? (= Em que lugar você vai ficar?)

   Onde você está? (= Em que lugar você está)

   Não sei onde (em que lugar) começar a procurar.

   Esta é a piscina onde (na qual, em que) fui campeão.

Onde não deve ser usado em situações em que a idéia de lugar, mesmo que metaforicamente, não esteja presente:

   Tive um sonho onde (em que) tu aparecias e me abraçavas.

   Naquele tempo, onde (quando) os bichos falavam…

Nos exemplos acima a ideia de lugar não está presente, por que os substantivos sonho e tempo não são lugares. O certo seria usarmos em lugar do advérbio onde, respectivamente, em que e quando.

AONDE – indica a ideia de movimento.  Por isso, normalmente, é empregado com verbos de movimento. Os principais verbos de movimento são: ir, vir, voltar, regressar, retornar, sair, subir, levar, etc. Em termos práticos, [aonde] pode ser substituído por: a que lugar, para que lugar: Aonde ele foi? (o mesmo que: A que lugar ele foi?)

   Aonde você vai? (= Para que lugar você vai?)

   Aonde ele foi? (= para que lugar ele foi?)

   Não sei aonde ir? (= Não sei para que lugar ir.) 

   Aonde vocês pensam que vão?

DONDE – é a junção da preposição [de] + [onde]. Usado apenas quando se vem de algum lugar. De modo que pode ser substituído por de que lugar:

   Donde vocês vieram? (o mesmo que: De que lugar vocês vieram?)

   Donde parti? (= De que lugar parti?)

   Donde é que ele veio? (= De que lugar ele veio?)

    "Donde vens, aonde vais?" (Castro Alves)

Cabe ressaltar, que seguindo a linha dos clássicos, muitos autores modernos não fazem distinção entre as duas formas. Por outro lado, segundo muitos autores e estudiosos, não é correto confundir aonde - que significa: a que lugar; para que lugar ou ao qual - com onde - que significa em que lugar; no qual lugar. ®Sérgio.

Quer Exercitar? Clique neste link, para ter acesso a exercícios com gabarito: Onde, Donde ou Aonde? - Caderno de Exercícios.  

_______________________________________

Para maiores informações sobre o assunto ver: SILVA, Sérgio Nogueira Duarte da. O Português do dia-a-dia. Rocco, Rio de Janeiro, 2003. / MARTINS, Eduardo. Manual de Redação e Estilo. Moderna.

Se você encontrar erros (inclusive de português), relate-me.

Agradeço a leitura e, antecipadamente, qualquer comentário. Volte Sempre!

Ricardo Sérgio
Enviado por Ricardo Sérgio em 07/08/2008
Reeditado em 04/06/2013
Código do texto: T1117852
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Ricardo Sérgio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 67 anos
1281 textos (15350159 leituras)
7 e-livros (6395 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/12/14 13:49)
Ricardo Sérgio



Rádio Poética