CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

OS VERBOS DE LIGAÇÃO

______________________________________

 

Os verbos de ligação servem apenas para estabelecer uma união entre duas palavras ou expressões nominais (substantivos, adjetivos, pronomes). Daí o nome verbo de ligação: =•> Larissa é bonita.

Nessa frase a declaração principal a cerca do sujeito "Larissa" está no adjetivo "bonita", e não no verbo. O verbo [é] não tem um sentido definido, não traduz uma ação, limita-se apenas a ligar "bonita" a "Larissa". Portanto, a função principal do verbo é ligar uma qualidade, um estado, uma classificação ao sujeito:

   Os alunos estavam entusiasmados.

   O rapaz ficou magoado.

   Aquele animal parece um dinossauro.

Os verbos de ligação podem expressar um estado do sujeito:

1. Permanente (ser): A mesa é de mármore.

2. Transitório (estar, achar-se): O mar estava agitado.

3. Aparente (parecer): Os olhos pareciam verdes.

4. Continuidade de estado (ficar, continuar, persistir, permanecer): O rapaz permanecia calado.

5. Mudança de estado (ficar, tornar-se, acabar): A vida tornou-se insuportável.

Exemplos práticos:

   Pedro é doente. (estado permanente)

   Pedro está doente. (estado transitório)

   Pedro permanece doente. (continuidade de estado)

   Pedro continua doente. (continuidade de estado)

   Pedro ficou doente. (mudança de estado)

   Pedro parece doente. (estado aparente)

O adjetivo doente é, na realidade, o predicado e o núcleo do predicado; contudo, recebe particularmente o nome de predicativo do sujeito.

O predicativo do sujeito pode ligar-se ao sujeito por meio de verbos que substituam o verbo de ligação: Todos andam (estão) apreensivos. / Ele se acha (está) acamado.

Uma maneira prática de se identificar o verbo de ligação é excluí-lo da oração e observar se nesta continua a existir uma unidade significativa: Minha namorada está atrasada. => Minha namorada atrasada.

São, habitualmente, verbos de ligação: ser, estar, ficar, parecer, permanecer, continuar, tornar-se, achar-se, acabar. ®Sérgio.

________________________________________

Para maiores informações sobre o assunto ver: Rocha Lima, Carlos Henrique da. Gramática Normativa da Língua Portuguesa. [45ª. ed.], Rio de janeiro: José Olympio, 2006.

Se você encontrar omissões e/ou erros (inclusive de português), relate-me.

Agradeço a leitura e, antecipadamente, qualquer comentário. Volte sempre.

Ricardo Sérgio
Enviado por Ricardo Sérgio em 12/04/2011
Reeditado em 28/01/2013
Código do texto: T2905395
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Ricardo Sérgio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 66 anos
1281 textos (14676511 leituras)
7 e-livros (6132 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/14 11:35)