Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMIGOS DOS ANTIGOS

Olá, Fernando Quintais,
um amigo dos antigos,
que frente aos piores perigos
vale uns milhares de quintais
e de coisas comezinhas
com meia dúzia de linhas
faz outras bem colossais.

Nada valho do que disse
no seu poema leal
de estética bem real
que me fez qu’ o bem sentisse.
Eu me esforço, bom Fernando,
por me ir aperfeiçoando
o que é bastante difícil.

O amigo, pelo contrário,
é como o “néctar do porto”
faz direito o que é torto
no mais disperso cenário.
Só mostra qu’ os ancestrais
do meu amigo Quintais
dos de hoje são o contrário.

Que havemos de fazer ?
Nesta triste conjuntura,
de ministros à fartura
é mesmo d’ estarrecer.
Há ministros de famílias
todavia pr’ às quezílias
é que há mister para haver.

Ainda ontem, qu’ aflição,
depois de tanto esperar
co’ o pagode a especular
e a ver na televisão
os ministros, que amizade!,
mostraram à saciedade
a sua real afeição !



Frassino Machado
In ODIRONIAS
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 01/12/2006
Código do texto: T306877
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
1789 textos (47001 leituras)
20 áudios (852 audições)
2 e-livros (24 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 09:42)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor