Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dicas para uma mulher irada

                Já sei! Voce está puta da vida com o seu marido!
                Descobriu sem querer que ele andou dando umas beiçadas naquela piranha da quadra de baixo. É. Essa mesmo que vive dando em cima de qualquer sujeito, não importa se feio, gordo, baixo, pobre, fedido. Neguinho tem mulher? A vagaba se abre.
                Pior que ela mais feia que você! Fosse melhor. Mais gostosa. Mais nova. Mais bonita. Menos puta, até seria tolerável.
                Também sei que seu marido, apesar do ódio que está sentindo agora, é um bom mantenedor. Paga as contas da casa. Paga a escola das crianças. Paga até suas bobaginhas do 1 e 99 que traz pra casa de sacolada. E te trata bem! Aliás, muito bem.
                Claro que não vai querer deixar ele para aquela desclassificada! Aquela biscate de quinta categoria. Aquela égua de charreteiro. Que homem é um bicho tonto. Basta uma zinha qualquer se oferecer que eles se sentem o gostosão do pedaço. Aí dão uma murxadinha na barriga, põe uma roupa nova, tascam um desodorante debaixo do sovaco, um perfuminho no peito e partem para o crime.
                Sei, sei! Voce quer ficar com ele mas não suporta ter sido passada para trás. E quer vingança!
                A mais dolorida seria dar para o melhor amigo . E deixar ele descobrir!
                Mas aí, minha querida, tu ias tomar um cacete! Daqueles de tomar sopa de canudinho e ficar uma semana de olho roxo, o rayban escondendo o massacre. Inverteria a lógica! Sabia que a maioria dos homens descobre que as mulheres estão tendo um caso se elas passam a usar óculos escuros? Pode perceber! Fulana começou a pular cerca, desencava o rayban dos tempos de solteira e passa a desfilar como se fosse um vagalume. Até hoje a ciência não conseguiu explicar que motivos levam a isso.
                 Então, que tal partir para uma segunda opção e apenas deixar ele pra baixo? Pensando em morrer? Nem ligando se o Coringão caiu ou não para a segunda divisão? Não tentando descobrir que droga está acontecendo em Lost?
                 Ah! Se entusiasmou? E quer saber qual a melhor maneira para isso?
                 Simples: faz ele brochar! Nada pior para um cara que uma brochada sem explicação. Se perguntar para os homens se preferem perder um braço ou a potencia, nove entre dez preferirão a primeira hipótese.
                 Segundo várias pesquisas existem situações que desestimulam qualquer sujeito por mais tarado que seja. É só pô-las em prática!
                 Calcinha furada. Minina, não existe tesão que resista a  uma calcinha velha com um furo localizado estratéticamente na área de lazer. Bluuft! na certa!
                 Durante o ato, pergunte daquele sujeito garanhão que seu marido detesta e morre de ciúmes. Em seguida comente sobre as contas de água, luz e gás.
                 Homem tem mania de batizar o instrumento de prazer com nomes fortes. Incrível Hulk, Thor, Rompedor. Então coloque um apelido bem meigo. Ursinho Pooh. Pequeno Polegar. Bambinho. Esse com certeza é o Rei das brochações em massa. Remete ao viadinho do filme da Disney e indiretamente associa-se a molinho, caidasso, etc. E durante o ato use esse tipo de frase: “ Vem, meu amor, coloque esse Pequeno Polegar para trabalhar. Que gracinha esse Bambinho". Ah! Minha filha, o bicho vai deixar de olhar o céu na hora e fitar o chão .
                   Casualmente pergunte se não quer implantar uma prótese peniana. Quando ele ficar nervoso diga que estava brincando e murmure baixinho(mas numa altura audível) que adora pênis macio. Em seguida faça cara de desolada e sonhadora.
                   Só faça sexo em posições que ele detesta porque dão dor nas costas e recuse terminantemente mudar, por mais que insista.
                   Pergunte várias vezes: Já terminou? Não? Que pena.
                   Comece a chorar durante a transa. Se ele perguntar qual o motivo, diga que não é nada, vire o rosto de lado para esconder o sorriso. Em seguida chore de novo.
                   Garanto a você que após uma sessão intensiva dessas técnicas brochais ele irá se sentir um verme. Com o olhar distante a maior parte do tempo e algumas vezes vermelho. E será a glória. Sua vingança estará consumada.
                   Só existe um problema nessa dicaiada toda: ele se convencer que brocha apenas com voce. E aí, minha amiga, não vai sobrar puta sobre puta nessa terra que ele deixe de rangar.
                   Pode ser até que se amigue com aquela piranha que começou tudo. Aquela vaca parideira. Aquela biscate da quadra de baixo. Aquela trozomonga!
                   São os riscos!
                   
Nickinho
Enviado por Nickinho em 07/12/2007
Reeditado em 08/12/2007
Código do texto: T768452
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nickinho
Ibitinga - São Paulo - Brasil, 64 anos
165 textos (37562 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 04:41)
Nickinho