Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O sol e a montanha

“Conta a história que em um país distante apenas a lua iluminava o dia e a noite. O sol estava escondido dentro de uma montanha. Contava uma lenda na região que apenas um casal com o coração puro poderia fazer o sol sair e resplandecer no céu azul.

Neste país existia um casal de irmãos que se queria muito bem. Eles tinham uma forte atração pela montanha e nesta montanha tinha uma grande gruta como entrada. Um dia, os dois irmãos foram para a gruta e tiveram a necessidade de limpar a entrada da gruta.

Os dois passaram então a limpar a gruta todos os dias e a cuidar da entrada, para que sempre ficasse limpa e não tivesse ninguém colocando nada que pudesse trazer impurezas para dentro dela.

Passou algum tempo até que as duas crianças se sentiram chamadas para entrar na gruta. Deram-se as mãos e começaram a entrar lentamente. A gruta era muito alta e larga e o caminho era fácil, mas com o passar do tempo a gruta foi ficando cada vez mais apertada.

As crianças foram entrando pela gruta sem parar. Chegou um momento em que a gruta estava tão estreita que as duas crianças só podiam andar de quatro. Neste momento, voltar já era impossível, só podiam caminhar para frente.

Algum tempo depois de andarem se arrastando pelo túnel da gruta, eles chegaram a uma imensa clareira, dentro da gruta, onde estava o sol. Eles ficaram em êxtase total, olhando o astro assim tão de perto. A menina viu então no peito do menino a luz do sol resplandecente e o menino viu no peito da menina a mesma luz.

Ao perceber a luz em seu peito, pleno de emoção o menino salta e se lança dentro da luz do sol e a menina o acompanha. O sol então sobe e vai para o firmamento, se libertando da montanha que o aprisionava.

As pessoas ao verem o sol, ficaram maravilhadas, mas com o tempo lembraram da profecia. Neste instante deram por falta das crianças e começaram a procurar. Depois de muito procurar e não achar foram para a montanha e viram então os vestígios de limpeza que elas, as crianças, faziam na entrada da gruta.

Passaram então as pessoas a reverenciar as crianças todos os dias. Com o passar dos anos, foram esquecendo a essência do ensinamento na lição dada pelos pequenos e foram parando de adorar na montanha.

Aí então o sol novamente se escondeu dentro da montanha e a lua ficou sozinha de novo no firmamento”.
Rick Steindorfer
Enviado por Rick Steindorfer em 30/10/2006
Reeditado em 09/11/2006
Código do texto: T277943
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Rick Steindorfer). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rick Steindorfer
Águas de São Pedro - São Paulo - Brasil
3533 textos (515909 leituras)
33 áudios (94901 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:36)
Rick Steindorfer