CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

QUANDO EU ERA PEQUENINO- INFANTIL

QUANDO EU ERA PEQUENINO- INFANTIL

Quando eu era pequenino
Dizia tudo que pensava
Avançando na idade
Dia a dia, me calava

Quisera ser pequenino
P’ra dizer tudo que penso
Deste mundo tão ladino
E de um povo tão pretenso

Falaria da cobiça
E da miséria, também
Sem esquecer a ganância
Que cada um de nós tem

Abordaria a política
Para falar da sujeira
E na minha pobre crítica
Levantaria a poeira

Para saber se a justiça
Está fora da imundice
Pois quando se entra na liça
É p’ra apurar canalhice

Se eu fosse pequenino
Quanta coisa falaria
Como não sou mais menino
Minha boca é uma abadia

São Paulo, 06 de agosto de 2007
Armando A. C. Garcia

E-mail: armandoacgarcia@superig.com.br
Site: www.usinadeletras.com.br

Armando Augusto Coelho Garcia
Enviado por Armando Augusto Coelho Garcia em 06/08/2007
Reeditado em 07/08/2007
Código do texto: T595579

Comentários

Sobre o autor
Armando Augusto Coelho Garcia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 76 anos
552 textos (21279 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/09/14 06:12)