Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Obras De Amor

Para que a noite não se tornasse solitária, o Senhor Javé espalhou na
imensidão sideral centenas de milhões de estrelas;
Deixou também um sol para que houvesse o dia;
Fez a terra se encher de plantas e animais;

Ofereceu aos seres aquáticos a beleza dos oceanos, rios e mares;
Às aves Ele deixou um espaço para a segurança em seus vôos...
O Senhor também foi generoso para com a sua maior criação – o homem,
pois, deixou-o livre para dominar tudo em sua volta.

Mas, para não vê-lo mergulhado na solidão O Criador fez a mulher com
todos os seus encantos...
No entanto, como isso ainda não seria o suficiente então Javé Deus –
em sua infinita sabedoria e glória – fez brotar em seus corações
o mais nobre de todos os sentimentos:

O AMOR

E assim constituíram-se as famílias em todas as nações da terra...
No seio delas floresceram também os poetas e escritores com suas
divinas inspirações.
Vocês falam com a alma enquanto os dedos passeiam no teclado, ou
sobre uma folha de papel.

São capazes de convencerem até o mais incrédulo dos mortais!
Ademais, são incríveis pintores das letras;
São também os arquitetos do mundo;
São os jardineiros, e os oleiros, pois, tudo em suas mãos se transforma
em versos, contos, prosas, crônicas...

Vocês, poetas e escritores que fazem dos sonhos realidade são
responsáveis pela cultura, que através das gerações não deixam
esquecidas nas dobras do tempo, as antigas tradições.
São vocês, com suas infinitas inspirações, os propagadores da paz
nos corações humanos, desde o humilde ao mais abastado...

Benditos sejam vocês, escritores e poetas, que na sutileza das palavras
inflamam paixões e prosperam ideais;
E apesar das atribulações permanecerão insolúveis – forte qual a uma
rocha – porque não são como ondulações arenosas sob o sol
escaldante do deserto.

Tanto é verdade que vocês nos permitem, através de seus escritos,
momentos de grandes prazeres enquanto viajamos por entre as
linhas mágicas de suas obras.

Que seus objetivos transcendam todas as fronteiras do planeta terra e,
quiçá, além das estrelas!
Para vocês, poetas e poetisas de todas as raças e religiões,
notáveis ou anônimos, que as bênçãos do Pai Celestial os mantenham
cada vez mais compenetrados em suas maravilhosas jornadas.

Feliz Natal, e que nesse próximo ano possamos estar juntos
para expor as mais lindas
“Obras de Amor”!

Um grande abraço para toda a gente deste país chamado Brasil!
Milton Cavalieri
Enviado por Milton Cavalieri em 05/12/2005
Reeditado em 09/12/2008
Código do texto: T81341
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Cavalieri
Londrina - Paraná - Brasil, 62 anos
78 textos (13704 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:39)
Milton Cavalieri