Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De coração pra coração

     Quanto vale um abraço? Um beijo? Um carinho espontâneo e gratuito?
O preço equivale a muitos anos a mais de vida, de permanencia neste plano existêncial.
Um abraço representa uma tonelada de vitaminas revitalizantes e energéticas, para o organismo.

     A troca de carinho gera uma onda de positividade alastrante,com efeitos clarividentes no ser humano.
Pessoas que não tem contato físico carinhoso, que enfrentam relacionamentos ruins, ficam mais estressadas e anciosas, elevando as chances de sofrerem um ataque cardíaco. Aspectos negativos de relações íntimas estão associados a doenças coronarianas.

     Muitos estudos já mostraram que bons relacionamentos, podem estar ligados a uma vida mais saudável, no entanto, poucos observam quanto os conflitos, em qualquer tipo de relacionamento, podem afetar a saúde.Brigas, rompimentos, agressão física ou verbal, ocasionam sintomas  que muitas vezes passam despercebidos. Dores no peito, apatia, impasciência e outros mais, surgem e são ignorados.

     O toque de mãos, a troca de olhares, o encontro de corpos são fatores de vital importância para o bem estar, físico, mental e espirtitual de todo o ser vivo.
Até os animais tidos irracionais, trocam afetividade e afagos. Carinhosamente se esfregam e usam sem limites da terapia do abraço.
Jogam-se um contra o outro, se cheiram, se lambem, se enroscam, brincam de juntar-se um ao outro numa troca infindável de ternura e amor.

    O homem se inflama por seu aperfeiçoamento tecnonógico, científico e etc... mas.... está estáticamente petrificado no que se refere a calor humano, a carinho e amor. Parece desconhecer o significado de receptividade, cordialiodade, afetividade e doação.
O caminhar da vida, já não é mais um caminhar, tornou-se numa corrida louca e desenfreada, onde o tempo  é limitado, contado, nem visto, tampouco sentido  em seu passar.

    Antigos valores e sentimentos vão sendo engolidos e sufocados, esquecidos e inexistentes nessa vida atribulada e veloz. Novos sentidos, frios... tristes... vão preenchendo todos os espaços e ocasionando a falência do real sentido de existir.

     Todo ser humano nasce para outros seres humanos. O abraço, o beijo, o toque, o sentir o outro e a si mesmo, no outro, é que é vida.
Isso é o real sentido de existir.
Coração partido, coração frio, coração vazio  mata.
Coração que aquece por fora é aquecido por dentro e vice e versa.

    Quanto vale pensar um pouco? Quanto vale uma mudança de atitude?
Vale muitos momentos de alegria e bem estar a mais na vida.

ABRACE MUITO...
BEIJE AINDA MAIS...

DÊ O SEU CORAÇÃO PARA UM OUTRO CORAÇÃO, PARA A PERPETUAÇÃO DO MANDAMENTO DE DEUS.

""" AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO""""


DE CORAÇÃO PRA CORAÇÃO.


       

milizinha
Enviado por milizinha em 06/11/2007
Reeditado em 19/05/2011
Código do texto: T725423

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
milizinha
Rio do Sul - Santa Catarina - Brasil, 53 anos
638 textos (96925 leituras)
1 áudios (274 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 18:32)
milizinha