Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As Meninas

As Meninas
Estão com fome na rodoviária.
São becos sem saída,
Juventude largada.
espoliadas,
os homens levam as meninas em suas estradas
Para roubarem pedaços seus.
Um pedaço aqui, outro pedaço ali
até que lhes roubam todos os sonhos
Todos os anseios
Suas ilusões também.

As meninas
Acabam se tornando mães nas estradas...
Onde estão
As mães das meninas abandonadas?

Elas esmolam a vida, também, nas estradas?
As meninas continuam
nas marquises das calçadas.
Sozinhas. Desencantadas.
Olhares ávidos
Perscrutam as meninas na rodoviária.
E os guardas da noite
Vigilantes da miséria nua
Vão subtraindo os sonhos das meninas da rodoviária
Até arrancar-lhes a carne crua,
na noite nua.
Mírian Pinto de Souza
Enviado por Mírian Pinto de Souza em 25/09/2006
Código do texto: T248931
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mírian Pinto de Souza
Alagoinhas - Bahia - Brasil, 63 anos
13 textos (296 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:39)