Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Setembro azul




Hoje,
Porque há um infinito
Azul no céu
Absurdo e encantado setembro-azul
Reconheço o seu chegar
E sua poesia, doce rima clara
Qual verso e canto, prosa e flor.
Você vem bailando
Na brisa azul de quarta-feira
De camelô estridente na calçada
Eu,
Parecendo que nada tenho a fazer
A não ser
Ficar olhando feito boba, você chegar
Com o seu riso transparente
De um setembro todo flor.
E pensar
Que um dia atrás
De você, havia lembrado
Por conta desse amor frugal
Todo assim desarrumado
Como se fora inventado
Amor com cheiro de fruta, flor e mel
Destemperado
Desencontrado.
Assim como se fora...
Amor de aluguel.
Mírian Pinto de Souza
Enviado por Mírian Pinto de Souza em 30/09/2006
Código do texto: T253021
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mírian Pinto de Souza
Alagoinhas - Bahia - Brasil, 63 anos
13 textos (296 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:45)