Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu ainda não descobri

Acho que meus versos vem de mim...
De uma parte encantada,
que fala o que sente
e não se importa se alegra ou entristeça alguém.

Eles falam de sentimentos
alguns são como lágrimas,
rolam sem parar
e não sabem onde vão chegar.

Outros são como mel,
doces e lambuzam a quem os possa ler
e no entretenimento, se esquecer
de dor ou sofrimento.

Não decidi se meus versos
 me encantam ou se me fazem mal
acho que vêm assim... sem jeito, meio que de soslaio
e aí eu caio em mim,
sofrendo ou amando por demais.

Se são conseqüências, infantis inocências
ou são duros, reprimidos e cheios de amargor
de uma dor sem fim
mas, só sei que vem de dentro de mim...

Ainda não decidi e não sei
se meus versos são bons ou ruins...
só sei que fazem parte de mim.


16:46 h  20/09/03
Rosy Beltrão
Enviado por Rosy Beltrão em 30/11/2004
Código do texto: T389
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosy Beltrão
Estados Unidos, 62 anos
155 textos (31366 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:03)
Rosy Beltrão