Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem [C]Alma


Hei de ser poeta algum dia?
O Sr tempo a de me dizer...
As palavras mal pronunciadas,
sarcásticas...mal pensadas--
Meu coração continua!
Num ritmo diferente,
embora energicamente...
Rápido e tolo.

Hei de ser poeta algum dia?
Pergunta a voz do meu ser...
Um ego sem nexo,
ecoa sem ter o que dizer!
Na cabeça...
Repetidas vezes!
Não sei!
Escrevo, já [com]prazer
despeço-me...
Sem ter o que dizer!

Hei de ser poeta algum dia?
Quando minhas mãos taradas,
numa batalha se atrofiam...
Não sabiam elas o que escreviam?
Talvez não...
Elas sobreviveram
e darão vida às paginas
descritas do que não foi
O acaso!
Um mero descaso
Posse um fim...
Sem [c]alma!
Ludiro
Enviado por Ludiro em 16/04/2007
Código do texto: T451398

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ludiro
São Vicente - São Paulo - Brasil, 41 anos
84 textos (2465 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/05/17 09:47)
Ludiro