Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FIM DE TARDE

Fim de Tarde
Tarcísio R, Costa

Todos os dias a cena se repete...
Todos acham o pôr-do-sol uma cena de beleza,
Descrevem-no, com ufanismo e muita fantasia...
Mas, por outro prisma... Parece uma agonia,
Do rei dos astros, cansado... Isso dá tristeza
Vê-lo esconder-se nos mares... nas seranias,
É uma cena que nos leva à reflexão...

É uma beleza triste, tingida de saudade.
Esse momento simboliza a verdade
Da nossa vida efêmera, passageira....
Um dia teremos o nosso ocaso,
É uma dura realidade...

Tarcísio Ribeiro Costa
Jul/2005
Tarcísio Ribeiro Costa
Enviado por Tarcísio Ribeiro Costa em 30/09/2007
Código do texto: T674498
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tarcísio Ribeiro Costa
Brasília - Distrito Federal - Brasil
547 textos (37716 leituras)
14 e-livros (613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 01:31)
Tarcísio Ribeiro Costa