Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PONTA-NEGRA / OLINDA

PONTA – NEGRA / OLINDA – 2005

Pela janela do meu quarto,
Vi a areia ser beijada pela branca espuma.
A retina gravou a cena qual um retrato,
Receosa que no tempo ela suma.

Pequeno barco de vela alvadia
Que na água o vento faz deslizar,
Em busca daquele horizonte que longe unia
A nuança azul do céu e do mar.

Ponta – Negra, momento de beleza e nostalgia
Faz surgir misto de ternura e saudade
De outra imagem que a mente envia
Amada Olinda, linda majestade.

                                                                     Rildége Acioli
Dege
Enviado por Dege em 27/10/2007
Código do texto: T712126
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dege
Olinda - Pernambuco - Brasil, 83 anos
38 textos (1141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 13:17)
Dege