Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MENSAGEM - I – NATAL 2005

MENSAGEM - I – NATAL 2005

Maravilhas que ao mundo revelaram
Legados que as escrituras nos deixaram
Ensinamentos de amor, pura verdade
Sábias parábolas, norte da humanidade

Dois mil anos de tempo se passaram
Suas regras de conduta expressaram
Conclusão lógica de doutrina e moral
Até hoje, se tornam noção usual

Os ensinamentos de forma reduzida
Pela palavra do Mestre proferida
Ainda, agora, suas sementes vão caindo
Umas terra fértil, outras se exaurindo

Chora o céu, pelas que caiem no caminho
Vítimas d’ganância. Mente em torvelinho
Sua alma desfalecida no vil metal
Consolo que domina mísero mortal

Enquanto há esperança e se faz dia
Não jogues a pouca crença que porfia
No vale escuro da tenebrosa noite
Para que a tempestade não te açoite

Desperta ! Que a luz radiante do Natal
Te aponte o caminho magistral
Qual a estrela que aos Magos serviu de guia
Abra os olhos de quem enxergava e não via

Esculpindo eternamente em teu coração
Fraternidade e forças de afeição
Alcançando enfim a soberba confiança
Por ter conseguido o voto da esperança

Contempla agora o que foi teu descaminho
E a mansuetude de teu coração sem espinho
Com a ajuda, sentes agora o céu no peito
E bênçãos de júbilo pelo generoso feito

É mensagem de Jesus resplandecente
Palavra que há dois mil anos toca a gente
Gerações que passam, tempos que mudam
Suas verdades, mesmo truncadas, ajudam

Por isso, neste Natal, leva carinho
Onde a lágrima da tristeza é vizinho
Leva um pouco, um poucochinho de amor
Alivia o coração de quem tem dor.


Feliz Natal e Alvissareiros sucessos de Próspero Ano Novo – 2006

São os votos que formulo a todas as poetisas e poetas, às leitoras e leitores do Recanto das Letras.

Armando A. C. Garcia
São Paulo, 23 de outubro de 2005 (data da criação)

E-mail: armandoacgarcia@ibest.com.br
Armando Augusto Coelho Garcia
Enviado por Armando Augusto Coelho Garcia em 23/11/2005
Código do texto: T75234
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Armando Augusto Coelho Garcia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 79 anos
656 textos (25581 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:55)