Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Limites

Ah! Que vontade de deitar no seu colo
E com a cabeça sobre suas pernas
Deixar a mente vaguear nessa sensação
Que é de aconchegar-me numa nuvem
E Contar-lhe meus mais íntimos segredos.

Ah! Que vontade de abraçar você,
E sentir teu cheiro
Que para mim é o mais doce perfume.

Ah! Que vontade de te beijar
Mesmo que não seja a boca...
Não posso... Mas eu quero... Não! Não quero.
Porque quando te toco
Faíscam chamas ardentes de meus dedos
E se começo a tocar-te
Tão doce e maravilhosa a emoção
Não responderei mais por mim
E existem limites que não podemos transpor.

E se você me toca
O fervor do toque corre minhas veias
E esconderijos mais secretos de meu corpo
Chegando ao coração que pulsa forte
Ansiando que a sensação nunca chegue ao fim

Quando me olha...
Nem sei dizer o que sinto...
É como se você entrasse em mim
Vasculhando meu íntimo,cada mistério
Que com todas as forças procuro esconder
Como o fato de gostar tanto de você, e não poder tê-lo.
Escondo para que não te sintas culpado
Por despertar tamanho sentimento
Que talvez nunca viveremos.

É triste...
Não posso estar contigo agora
É triste... Mas é também lindo!
Adoraria conhecer seus horizontes inexplorados
Talvez por outras, mas não eu...
Mas sonho...
E sonhando sei que sou feliz
Porque você é meu, só meu para toda a eternidade!
Leila Barreto
Enviado por Leila Barreto em 18/02/2006
Código do texto: T113492
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leila Barreto
Salvador - Bahia - Brasil, 30 anos
51 textos (4396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:52)
Leila Barreto