Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As vozes!

Tenho pensado muito
No meu companheiro ouvido.
Pensado no quanto estamos envolvidos,
Ligados pelas surpresas que o mundo deu...
Ligados pelas surpresas que o mundo dá...

Tenho pensado no meu companheiro ouvido
Pensado no quanto ele decide por mim...
Nas horas em que me diz não...
Nas horas em que me diz sim...

São as vozes que ouço,
Mesmo quando estou no meu silêncio.
Vozes agarradas ao tempo
Vozes agarradas à alma...
Vozes que trazem dor
Vozes que trazem gozo e amor...

Mas há uma voz,
Uma única voz
Que se apoderou de mim.
Chamo-a de voz dos meus sentidos,
De todos os sentidos,
Uma única e poderosa voz.
Voz que me perturba a pele
E me desperta a mais contida das emoções.
Voz que me trouxe fé no amor
Voz que levou a fé no amor.

Eis a voz de todos os meus sentidos
Que me achou e me perdeu
Que me inundou e me secou
Eis a voz do meu amor
Voz única e poderosa
A voz que me fez e me desfez
Menino e homem!

Tenho pensado muito naquilo que ouço
Frases tremidas, inseguras,
Mas frases com voz
A voz dos meus sentidos
Voz única e poderosa
A voz do meu amor!
Flavio Tatu
Enviado por Flavio Tatu em 10/03/2006
Código do texto: T121346
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Flavio Tatu
Campos dos Goytacazes - Rio de Janeiro - Brasil, 51 anos
20 textos (1889 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:41)
Flavio Tatu