Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Pérola

Na minha bagagem encontrei o anjo sem asas;
O equipamento de um escafandrista;
O alpinista do asfalto;
Havia lá também o menino sem ilusão;
Achei o poeta medíocre, o pintor de letras;

Encontrei o pai sem o filho;
A lágrima que não secou, o escultor de sonhos;
Descobri, os ideiais de um pacificador;
As lembranças do primeiro amor;
A emancipação juvenil e as delícias da vida!

Deparei-me com o soldado sem farda;
A balança da justiça e o ladrão de corações;
Encontrei – num canto – o juiz arrependido;
A primeira célula da vida e o caminho sem volta;
Ah, lá também havia o ator canastrão!

Descobri a pedra, o cimento, e a maquete do mundo!
Também achei na minha bagagem o poço das ilusões;
Havia lá o velocímetro com o prontuário do tempo;
Descobri, juntas, a perfeição e a utopia;

Achei o mapa e o segredo da vida!
Por fim encontrei algo muito especial;
Então, a voz do silêncio se aflorou:
— Não me recordo dela em outros tempos!
É tão diferente, bastante genial...

Nisso, em sincronismo, a curiosidade se antecipou...
Ao abrir a surpresa notei que havia peças ali dentro,
e não me era estranhas!

Num passe de mágicas elas foram se assimilando;
Pausadamente – uma por uma – como as camadas de Nácar.
Quando a última se encaixou tudo se esclareceu.
Era um presente tão valioso que só mesmo o tempo –
esse incrível substantivo – seria capaz de preparar;
VOCÊ!
UMA PÉROLA EM MINHA VIDA!
                                                  16/02/1998
Milton Cavalieri
Enviado por Milton Cavalieri em 21/04/2006
Reeditado em 09/12/2008
Código do texto: T142733
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Cavalieri
Londrina - Paraná - Brasil, 62 anos
78 textos (13704 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:14)
Milton Cavalieri