Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Namorado...

Hoje volto ao meu jardim, envolta em pétalas que vivi!
Como a flor , ao olhar-te entreabro-me meu colibri...
O senso agrado observando a distancia que percorri,
E guardo pétalas caídas, retendo perfume que há em ti...

Conservo a essência que me foi ofertada em seus ritos,
A guardar de seu olhar que fito extasiada em  descritos.
E no peito que arfa a saudade, nas sinfonias dos soluços,
De canções valsadas desfaço brumas, reflexa de brilhos...

Relembrando prazer das escaladas, que se fizeram liras,
Cintilando estrelas refletidas em seu olhar de aleluias,
Estampada nas íris. Baliza de seu riso olvidando a ira,
De não te ter ao lado neste dia, a dilatar minhas pupilas...

Resta-me a imagem contentada, deleites e caricias trocadas
Arquivados na audição, frases de paixão! Sêmen do inverno que conto que se fez primavera e verão. Flor obtida a encanto na magia de suas mãos. A saborear meus lábios na dividida...

O sol que fostes na procela, inundando de palavras
O amor que me trouxeste! Rama enlaçada em chiste
Acariciando sulcos, banhando de risos acúleo e larvas.
Abrolha o arcabouço comovido... Que o amor insiste!

Na poesia que persiste a dizer em lágrimas versejadas,
Que contas permeadas nesses versos que a ti consagro
São como as noites escuras , em que o luar ofusca as estreladas. Ornando poemas apaixonados no AMOR a ti dedicado meu namorado!

“A Poetisa dos Ventos”
 Deth Haak
SPVA-RN 
Cônsul Poeta Del Mundo

Deth Haak
9/ 06/ 2006


Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 08/06/2006
Reeditado em 31/05/2007
Código do texto: T171813
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65345 leituras)
50 áudios (9714 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:28)
Deth Haak