Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paixão ...Nel Morais  & Arrebatada ...Deth Haak



Da montanha assanha o grito:
Arrebatando dos vales os duidos
o mito místico berra na guerra dos destinos
queimando com lavas a sanha dos excluidos
em desatinos de sólido destemor;
desbravando as brenhas buscando ardor
O Amor...
Só o amor...
Ah, o Amor é dor que consente
que assola arfando o ser que sente
e mente que é cor ausente
Cerzidor do corpo fremente 
como se o Sol do arrebol
matizasse em prateado, e o girassol
virasse lua nua
na alquimia duma rua escura
e sua luz em cruz se transformasse.
Em colchões estrelados e o orbe adornasse.
Não há mistério que em minério esteja
no ávido coração de quem ama, nem peleja!
e seja prata na lata do cordão:
e as cordas afinadas harpejando um violão
mas paixão é lava que escava
e deixa murmúrios sonhados na canção
e explode em molhado vulcão.
Quem de amor, não viveu uma paixão! 


" A Poetisa dos Ventos"
Deth Haak
9/7/2006



BÊNÇÃOS POETA!
Publicado com a autorização do Mestre ,Nel  de Morais
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 10/07/2006
Reeditado em 10/07/2006
Código do texto: T191110
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65377 leituras)
50 áudios (9723 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:06)
Deth Haak