Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perpetuar


Eternizando-a, passo o dia
Em busca do que apenas me faz lembrar
O sol que surge ao horizonte
E que com o seu calor aquece-me

As rosas que embelezam meu caminho
O perfume que emana,
Os pássaros que cantam doces melodias
O vento que encrespa meus cabelos

A nuvem que passam amenizando o meu calor
E que ao final do dia
Trás a chuva que com a terra se mistura,
Regando o jardim, acariciando a flor

A penumbra começa a tomar conta do dia
E no poente enfraquecido, lentamente recolhe-se
Os pássaros voam para os ninhos
A flor encolhendo-se protege do orvalho

O silêncio começa a tomar conta do meu viver
E neste instante, penso mais em você
Ateando fogo busco o calor
Que a noite do sol tirou

A mesma que esfria, alegra o meu viver
Mudando o tom do dia, o céu em espetáculo vira
Surge a radiante Deusa Lua
O brilho majestoso das estrelas

E com os olhos contagiados pela noite,
Esplendida que estas proporcionam
Vou brincando com estas
Pincelando os seus traços na constelação

Mas o vento do norte não colaborara
Anuvia a noite escondendo as estrelas
Terminando a brincadeira
Que lembra você

Mas, a brisa complacente soprando ao contrário
Vem harmoniosamente alegrar-me
E num sopro imaginário te trás para os meus braços
Que perpetuamente estarão abertos para você


Robert Jorge
Enviado por Robert Jorge em 19/08/2006
Código do texto: T220398
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Robert Jorge
São Paulo - São Paulo - Brasil
120 textos (3920 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:28)