CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Bilhetes de Amor

Antigamente, todo namorado
guardava um bilhetinho apaixonado
num cantinho da sua carteira.
Ela, por sua vez, também guardava
um bilhete onde ele declarava
o seu sincero amor a vida inteira.

Eram pedacinhos de papel
que levavam namorados para o céu,
prometendo no amanhã felicidade.
Um passaporte que levava as juras
repletas de paixão e de ternura,
e que ao se ler viravam realidade.

Hoje não se faz mais bilhetinhos,
e as palavras de amor e de carinho
parece que perderam o seu valor.
Um e-mail é que deixa, abreviado,
um sentimento que fica arquivado
numa memória de computador.
Amaury Nicolini
Enviado por Amaury Nicolini em 11/10/2010
Código do texto: T2549853

Comentários

Sobre o autor
Amaury Nicolini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 72 anos
1560 textos (20536 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/04/14 09:09)