Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bilhetes de Amor

Antigamente, todo namorado
guardava um bilhetinho apaixonado
num cantinho da sua carteira.
Ela, por sua vez, também guardava
um bilhete onde ele declarava
o seu sincero amor a vida inteira.

Eram pedacinhos de papel
que levavam namorados para o céu,
prometendo no amanhã felicidade.
Um passaporte que levava as juras
repletas de paixão e de ternura,
e que ao se ler viravam realidade.

Hoje não se faz mais bilhetinhos,
e as palavras de amor e de carinho
parece que perderam o seu valor.
Um e-mail é que deixa, abreviado,
um sentimento que fica arquivado
numa memória de computador.
Amaury Nicolini
Enviado por Amaury Nicolini em 11/10/2010
Código do texto: T2549853
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Amaury Nicolini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
1560 textos (20614 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/14 18:29)
Amaury Nicolini



Rádio Poética