Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER CARENTE

Chegue mais perto e sinta
Este amor que te tenho,
O carinho que por ti
permanece em meu seio.
Sinta que uma mulher
Só tem amor, no seu peito...

Por quem escolheu, em sua vida,
Para compartilhar a alegria
de ser amada e amar.
E, para cicatrizar a ferida,
É só amar... sò amar!

Chegue mais perto e abrace
Quem viveu a te querer,
Quem apenas queria
Ser a musa da tua vida...
Porque é tão triste, querido,
A solidão, o vazio,
O desespero, o sofrer...

É tão triste ver o tempo
Correr, qual lebre, fugindo
de um perigo qualquer...
É mais triste ainda a sina
Da árvore só e aflita,
Que se compara à mulher...

Vendo que a vida passa, que o tempo passa,
Que os anos correm à deriva
De um destino traçado.
Que a alegria fingida,
É só um disfarce na vida
De quem traz o rosto marcado!

E a marca que trago na face
Que é invisível para ti,
É tão profunda, dói tanto,
Que já não consigo fingir
Que sou feliz, e em prantos
Vou ao chão, pois assim...

Sinto da terra o cheiro
Tão parecido com o teu...
Toco tua pele... Vagueio
Num sofrimento tão meu,
Que não existe no mundo
Alguem mais triste que eu!  
RÚBIA BOURGUIGNON
Enviado por RÚBIA BOURGUIGNON em 19/09/2005
Código do texto: T51769
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
RÚBIA BOURGUIGNON
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
193 textos (20241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:32)