Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEUS PENSAMENTOS

Só estou com meus pensamentos
Muitas vezes incompreendido
Vagando sob meu silêncio febril
A mercê do vil desconhecido
Em braços que não me abraçam.

Meu apogeu está em meu bem querer.
Deixa-me absorta a contemplar você;
Pensando que sei, me vem o engano.
Volto à juventude e penso que sabia,
Quando pensei que tudo soubesse...

Ledo foi meu pensar, estive a me enganar.
Passei por dissabores, meros desencantos.
Entendi que a estrada pedregosa era tortuosa;
Lancei meu olhar para meu eu e descobri:
Sei que nada sei...Chorei, sofri, penei!

Plagiei Sócrates, mas imitei Platão...
Convenci-me que devemos ser mais firmes;
Não deixar nosso coração doido, esmagado.
Ter a razão como primeira companheira,
protegendo-nos do sofrer, marcas do passado.

É...coração que devaneia, chora, te espera.
Você não me ouve, não me tem ou venera.
Como vento outonal que me sopra em desatino
Vejo-me pairar vagarosamente a farejar-lhe o corpo
Desdouro dos ais, açoites sofridos, meu destino.
MEG KLOPPER
Enviado por MEG KLOPPER em 31/08/2007
Reeditado em 31/08/2007
Código do texto: T631849

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Enviando um e. mail solicitando autorização.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MEG KLOPPER
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
313 textos (922676 leituras)
38 áudios (68659 audições)
3 e-livros (3141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 05:52)
MEG KLOPPER