Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Querença


 Eu queria que hoje...
fizesse sol para clarear os teus olhos,
o céu azulasse aos tocar teus cabelos,
e os pássaros, em sonoro contracanto
acompanhassem tua voz.

Eu queria que hoje...
chovesse toda a chuva do mundo,
para que ao beijar-te eu sentisse
em minha boca o gosto da chuva,
e saíssemos a passear,
de mãos dadas, sobre a relva molhada.

Eu queria que hoje...
além da chuva, fizesse frio, muito frio,
para que envolvendo-te em meus braços,
apertando-te contra meu peito
eu pudesse te aquecer,
te embalar... te fazer dormir...

Eu queria que hoje...
avaliasses o vazio e a dor da solidão,
e aí eu pudesse te demonstrar
que o mundo não está perdido, como dizem,
pois sempre há um lugar
para  quem sabe amar.

Eu queria que hoje...
estivesses aqui, agora, a meu lado,
sentido meu calor e meu abraço,
e ao dizer-te do meu afeto
eu pudesse expressar
o quanto te quero bem.

Eu queria que hoje...
pudesses escutar e entender

A FALTA QUE FAZES NA MINHA VIDA!



Antônio Mesquita Galvão
Enviado por Antônio Mesquita Galvão em 04/11/2005
Código do texto: T67196
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Mesquita Galvão
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
981 textos (321584 leituras)
10 e-livros (3490 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:49)
Antônio Mesquita Galvão