Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM DONO

Se me deixas enfim,
Sem eira nem beira,
Não me deixas se não,
Outra alternativa...

Sem dono, vagueio,
Nas estradas da vida,
E entre curvas e voltas
Encontro-me assim:

Na boca sedenta, o destino de um beijo.
Nas mãos ansiosas, a procura constante,
No corpo ardente, o perigo do cio...

Na mente, um único desejo,
No peito, um coração vacilante,
Na alma, um grande vazio!
RÚBIA BOURGUIGNON
Enviado por RÚBIA BOURGUIGNON em 08/11/2005
Código do texto: T68616
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
RÚBIA BOURGUIGNON
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
193 textos (20239 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:46)