Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
Aos Fotógrafos
 
Que dirias ao negativo, revelando a foto
O riso, se o flash alcançasse o espectro na
Aura assim refletida seria o sorriso de lágrimas ou assoreado riso, na alma do ser fingindo?
 
Revelado na escuridão de um quarto escondido Içado ao pinçar de dedos vendo um jaz combalido O externo gargalhando a vida, de o infausto martírio.

Luzido espocado flash taciturnado, mas visto. Murmuraria o artista, ao ver assim refletido , Os ilusórios artifícios de matizes macilentos, E no calvário esculpido o pranto evolvendo riso.
 
Ah!... Aos fotógrafos eu diria, muitas vezes viste desnuda, A musa de seu oficio, na face um belo sorriso,
E na alma, só tormento. Com certeza tu terias uma enorme surpresa!
 
 
“A Poetisa dos Ventos”
Deth Haak
20/10/2005


“A Poetisa dos Ventos”
Deth Haak
20/10/2005



Aos profissionais da fotografia! Canindé Soares Antonio Guerreiro ,Duran Kadú e Hectore, que através de suas lentes enviaram para o mundo minha imagem, Giovanni Bianco, Eduardo Araújo saudades... “ Ricardo Vinhas in memorian”


 

Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 09/04/2006
Reeditado em 19/08/2011
Código do texto: T136546
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65366 leituras)
50 áudios (9718 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:20)
Deth Haak