Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAMÃE (SOCORRO)

No segundo domingo de maio comemora-se o Dia das Mães.
Sabemos que é mais uma data comercial para incrementar as vendas no comércio.

Na verdade, seu dia foi ontem, é hoje, será amanhã e sempre!
Mãe é mãe toda hora e em todo lugar. Mãe não sai do ar, não tira férias, não faz greve, nem se aposenta. Mãe é eterna... E até vira avó!

No máximo mãe briga, reclama e pode até gritar ou dar uns tapas quando acha que servirão para educar. Mas logo passa a raiva ou a tristeza e ela fica toda carinhosa novamente porque coração de mãe é singular, está cheio de um amor especial que só ela tem.

Mamãe, você foi escolhida por Deus para cumprir uma nobre missão: conceber, dar à luz, criar e educar oito filhos, sendo cinco homens e três mulheres. E como desempenhou bem sua incumbência!

Claro que Papai do Céu fez-se generoso para com você colocando ao seu lado um companheiro maravilhoso que está ao seu lado há mais de meio século, o papai!
Nosso lar harmonioso foi fundamentado no amor cristão, no respeito humano e na alegria fraternal.

Não tínhamos bens materiais, brinquedos caros, roupas da moda, mas possuíamos o principal: amor! Nossa infância foi muito feliz, eu e minhas irmãs sentimos saudades das nossas bonecas de pano e panelinhas de barro, enquanto os manos lembram com carinho das petecas, animais de barro e carros feitos de latas de óleo. Todos comprados na feira.
Esperávamos ansiosos você chegar de lá para ver se tinha trazido mais algum brinquedo.

Nem sei quem ficava mais feliz, se nós, os seus filhos por ganharmos um novo brinquedo, ou você, por ter conseguido apertar um pouco o cinto, operando milagres com as compras para sobrar um trocadinho para nos dar um daqueles brinquedos.

Tudo o que aprendemos, o que somos, o que construímos devemos a você. Por isso, não posso deixar de agradecer-lhe tanta dedicação.

Nosso amor familiar transcende as fronteiras da Terra, ele é tão intenso e verdadeiro que temos certeza que nossa história é antiga e será infinita!

Um doce beijo em seu lindo coração!

Sua filha, Selma




Selma Amaral
Enviado por Selma Amaral em 14/05/2006
Reeditado em 14/05/2006
Código do texto: T156198
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Selma Amaral
Arcoverde - Pernambuco - Brasil
275 textos (56063 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:02)
Selma Amaral