Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHAR PATERNO

À MEU QUERIDO PAI!

OLHAR PATERNO

Pai, repousa os teus olhos
Sobre os meus, já tão aflitos!...
Bastava-me os teus olhos, querido,
Para que eu pudesse me acalmar.

Antes tivesse o seu peito, agora
Que, embora coberto de pêlos brancos,
Aconchega-me a cabeça, tanto e tanto,
Que suspiro protegida e saciada!

Bastava-me erguer a cabeça e fitar
Os teus divinos olhos, para acalmar
Essa minha alma tão cansada...

Pois embora os anos já te pesem mais,
Acalma-me tanto o azul do teu olhar,
Que só ao teu lado, eu encontraria a paz!


16-08-1993
RÚBIA BOURGUIGNON
Enviado por RÚBIA BOURGUIGNON em 28/08/2006
Código do texto: T227437
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
RÚBIA BOURGUIGNON
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
193 textos (20241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 03:54)