Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Louvor a caveira

                 Louvor à caveira - nov./2007


Caveira o teu passado suscita indagação
Nosso destino é de antagônica sorte
Na vida acho-me angustiado, em aflição
E tu sempre quietas, a sorrir, até na morte.

Estais no topo ósseo de tua estrutura
Proteges o cérebro massa que comanda
De cima ficas a observar osso e ligadura
Que obedecem à ordem que de lá emana

Sempre despertou grande respeito
Virtude obrigatória aos que te ousa estudar
Tanto quando em peças dispostas no leito
Ou quando num pedestal ficas a balançar.

Mostras na verdade o que fostes em vida
Sempre digna qualquer que seja a apreciação
Talvez o sorriso que estampa atrevida
Estais zombando de nossa situação.
                                                                      Rildége Acioli

Dege
Enviado por Dege em 04/12/2007
Código do texto: T764672
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dege
Olinda - Pernambuco - Brasil, 83 anos
38 textos (1139 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 03:13)
Dege