Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estou rouco de tanto ouvir

ESTOU ROUCO DE TANTO OUVIR – 1968

Estou rouco de tanto ouvir
os lamentos dos encarcerados
políticos de todo o mundo
que erraram verdadeiramente
quando creram no absoluto da liberdade
palavrão imundo.

Estou rouco de tanto ouvir
os lamentos dos esfomeados
população de todo o mundo
que erraram francamente
quando creram na plenitude da igualdade
palavrão imundo.

Estou rouco de tanto ouvir
os lamentos dos injustiçados
habitantes de todo o mundo
que erraram ardentemente
quando creram na pujança da fraternidade
palavrão imundo.

Estou rouco de tanto ouvir
os lamentos dos marginalizados
existentes em todo o mundo
que erraram completamente
quando creram na reforma da sociedade
palavrão imundo.

Estou rouco de tanto ouvir
as mentiras dadas
proferidas em todo o mundo
em nome da liberdade, igualdade, fraternidade,
enfim, em nome do amor e da paz.
                                                                 Rildege Acioli


Dege
Enviado por Dege em 22/09/2007
Código do texto: T663252
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dege
Olinda - Pernambuco - Brasil, 83 anos
38 textos (1139 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 03:38)
Dege