Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOFRIMENTO

ESSA DOR É UMA DOR QUE ME CASTIGA
UMA DOR TÃO FORTE, QUE DILATA A RETINA
DÓI TANTO MEU PEITO, SINTO FALTA DE AR
A PRESSÃO SOBE TANTO, SINTO QUE VOU DESMAIAR

DOS OLHOS CAEM PINGOS GROSSOS D'ÁGUA
SÃO TANTOS PINGOS DOLORIDOS, QUE ME DESARMA
NÃO TEM REMÉDIO MAIS, QUE ME ACALMA
NUMA GOTA DE ESPERANÇA PENSO SER MEU KARMA

E NESSA ESCURIDÃO QUE APAVORA É QUE EU RECORRO
AO MEU ÚNICO AMPARO E PORTO SEGURO
E NA ORAÇÃO CHOROSA ENCONTRO O MEU SOCORROE O MEU SOCORRO, COM SUA LUZ, CLAREIA O MEU ESCURO

A QUEM MAIS EU PODERIA ENTREGAR ESSA DOR
A QUEM MAIS EU ENTREGARIA, TODO O MEU SER
SE NÃO AQUELE,QUE MORREU POR AMOR
SE NÃO AQUELE QUE ME DEIXOU NASCER?

Ó MEU BOM DEUS, QUE A TUDO CRIOU
MINHA DOR É TAMANHA, QUE NEM SEI QUEM SOU
PERCO-ME NOS DEVANEIOS DOS QUÍMICOS QUE TOMEI
E COM TUDO ISSO, SEM PERCEBER MINHA FÉ, EU AFUNDEI

LATEJA O CORPO TODO, E AS LÁGRIMAS GOTEJAM
NÃO CONSIGO MAIS CONTER, ELAS ESCORREM E ME APEDREJAM
VOU SENDO CERCADA POR TODOS OS LADOS, COM ESSA DOR
E ELA VAI MINANDO MINHA ALEGRIA E MEU AMOR

NA MINHA CABEÇA UMA BOMBA RELÓGIO, PARECE QUE EXPLODE
MAUS PENSAMENTOS, ENCHEM MEU PEITO, QUE IMPLODE
MEDIANTE ESSA TORTURA, MINHA FORÇA ESVAI-SE
CHEGANDO AO TORMENTO DESESPERADO, AJOELHA-SE E CAI-SE

NOVAMENTE GEMENDO E SENTINDO-ME PERDIDA
ROGO A VÓS MEU SENHOR E PAI DE AMOR
ME DÊ MAIS SAÚDE E PAZ E MINHA PRECE ATENDIDA
NÃO SUPORTO O PESO DESSA CRUZ, É UM CALVÁRIO ESSA MINHA DOR!
milizinha
Enviado por milizinha em 27/08/2006
Reeditado em 20/05/2011
Código do texto: T226680

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
milizinha
Rio do Sul - Santa Catarina - Brasil, 52 anos
637 textos (94447 leituras)
1 áudios (272 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:18)
milizinha