Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CADÊ AS FLORES?


Cadê as flores que plantei,
Nos floridos e mais lindos campos eu busquei,
Antes mesmo de nesta vida eu renascer,
Esperando um dia conseguir colher.

Cadê as flores que plantei,
À minha amada as entreguei,
Na juventude as colhi no oásis do coração,
Floridas permanecem no jardim da feliz união.

Cadê as flores que plantei,
Quando duas pétalas eu encontrei,
Na floreira do meu lar, pelo Criador plantadas,
Florescendo com carinho e muito amadas.

Cadê as flores que plantei,
E com lágrimas as reguei,
Quando os entes queridos partiram para sempre,
Deixando sua magia florida em minha mente.

Cadê as flores que plantei,
No canteiro da vida onde eu trabalhei,
Buscando o perfume suave da felicidade,
Encontrando às vezes espinhos e saudade.

Cadê as flores que plantei,
Quem sabe, algumas até encontrarei,
No ocaso da primavera da minha vida,
No tristonho caminho da partida.

Cadê as flores que plantei,
Tão alto que já não mais as alcançarei,
Nesta vida mesmo com dedicação,
Talvez, as colherei na outra dimensão.

                                   Geraldo Lustre
Geraldo Lustre
Enviado por Geraldo Lustre em 26/11/2007
Código do texto: T753510
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Geraldo Lustre
São Paulo - São Paulo - Brasil
59 textos (3946 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 08:30)
Geraldo Lustre