Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Olá amigos,

Ai está mais um dos muitos absurdos que ocorrem dentro do Recanto.

Nosso amigo Vincent Benedicto está sendo alvo de criticas injustas, por usar o seu direito de expressão escrita e visual.

Eu tenho e uso o meu direito de livre arbítrio, vizito páginas de vários autores, faço minhas escolhas.

Todos aqui em qualquer lugar tem o mesmo direito, só não tem o direito de tentar podar os direitos dos outros.

Nosso amigo Vincent Benedicto posta seus textos e imagens ( sensuais ) na sessão que lhes cabe, quem quer ler e ver acessa quem não quer que não acesse.

Quanto ao fato de termos no Recanto Jovens Escritores, que alguns aqui chamam de crianças, não cabe a nós vigia-los, e sim aos pais deles, eu tenho filhos os meus já são adultos, mas usamos internete desde que ela surgiu, e nessa época meus filhos eram " crianças", e eu me incumbi pessoalmente de acompanhar seus passos neste mundo virtual, é dever de cada um dos pais orientar seus filhos, não cabe a nós fazê-lo.

Quero lembrar a todos que em todos os veículos de comunicação revistas, jornais, televisão etc, todos inclusive crianças tem acesso visual a cenas, fotos, filmes e artigos de cunho sensual e erótico.

Quanto a você meu amigo Vincent Benedicto, continue agindo como sempre, use toda a sua arte escrita e visual para expressar o seu sentir.

E quanto aos incomodados, que se mudem!!!

Obs >>> Estou fazendo uso do meu direito de expressão, do qual jamais abrirei mão de usar, minha liberdade ninguém tira.

***

Clik no link abaixo e leia o porque de tudo.

www.recantodasletras.com.br/mensagensderompimento/199224

***

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo o que sinto, como sinto quando sinto.
Longe, muito longe de ser uma poetisa sou apenas alguém que sente!


Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 23/07/2006
Reeditado em 27/05/2012
Código do texto: T200429

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146142 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:17)
Dama De Negro