Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AGRADECENDO COMENTÁRIO...



                     AOS MEUS AMADOS RECANTUAIS...


Minúsculas e maiúsculas, os músculos que movem a tua poesia não deixam ninguém indiferente, entram na carne da gente! MORRENDO DO PRAZER! Bjs (incompleta palavra, para morrer nos teus lábios)!Minúsculas partículas que flanam no universo, maiúculas belas nuancem que colorem os versos...
   Minúsculas inferiorizam as notas sonadas, no reverberar Meu grito... Maiúsculo mover o plexo no verso escrito fazer-me audível no poema descrito... Minúsculo é estar no mundo e não ter vivido, são as flores do cerrado, secas em fornos pelas mãos do homem virando mercado... Maiúsculas são as sertanejas lavrando a terra rachada, sem perde esperança da colheita esperada...Minúscula é a pequenez dos seres humanos predando a natureza, sangrando da terra o útero buscando riquezas... Maiúsculo o SER que se fez meu pai, ensinando-me a juntar as letras, prevendo aonde eu chegaria, semeando vida com a poesia...Minúsculo estar no orbe espalhando orgulho, blasfemando DEUS o senhor do mundo...Maiúsculas, Energias recebidas de peregrinos poetas que me enfeitam a alma, que me sopram vida em versos e prosas no dia a dia...
BRADO ao vento, obrigada meu DEUS, sois em mim a POESIA!


DETH HAAK
02/O8/2005
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 02/08/2005
Código do texto: T39688
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65359 leituras)
50 áudios (9717 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:47)
Deth Haak