Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GENTE

Todos os dias,
cruzo com pessoas apressadas,
em corredores imensos.
A maioria, sisudos,
Fechados em si mesmos.
Olham-me como se
Eu não existisse.
Sou um número,
Uma a mais,
Na estatística.
Entre pessoas sofridas,
Procuro levar esperança.
Brinco, descontraio, faço graça.
O quadro já é triste,
Não sou eu que vou deixá-lo pior.
Passo sorridente e saltitante
diante dessas figuras sisudas e sem graça,
Elas não me afetam.
Aqueles que estão ali, à espera,
Procurando resolver suas dores
Talvez sejam mais felizes do que eles.
Em contrapartida,
Encontro poucos, mas felizes.
Estes me alimentam,
Me passam boas energias e eu a eles.
Já os considero amigos.
São eles que me fazem
Acreditar que é possível
Ser feliz com o pouco,
Trabalhar com alegria,
Servir ao próximo.
Estes são gente.
E os outros?
Quem sabe sejam...
um dia.




Angela Ramalho
Enviado por Angela Ramalho em 31/08/2007
Reeditado em 01/09/2007
Código do texto: T632857

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angela Ramalho
Maringá - Paraná - Brasil
648 textos (58897 leituras)
8 e-livros (949 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 19:11)
Angela Ramalho