Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PRATO

A senhora gentil e caridosa
Com pena do mendigo sem guarida,
Leva-lhe - extraordinária e fabulosa -
Um saboroso prato de comida.

O pobre apanha o prato... alma ferida...
E fica olhando a dona generosa.
Lembra-se... aquele rosto... ora! A vida,
Hoje tristonha, outrora cor de rosa!

E duas lágrimas dos olhos baços
Descambam como dois punhais devassos
A lancetar-lhe o coração que chora.

Dantes, o pobre fora comerciante
E vendera à mulher - destino errante -
O mesmo prato que ela traz-lhe agora!


Lucan
Enviado por Lucan em 27/02/2006
Reeditado em 08/04/2006
Código do texto: T116594
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86951 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:12)
Lucan