Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Febre da Conquista

No cimo das escarpas do rochedo
Quase a tocar as espirais do céu,
Reina o condor, altíssono, sem medo,
Acobertado no azulado véu!

A escaramuça ali não tem segredo,
Da liberdade faz um escarcéu!
É feroz, mas não mata por brinquedo
Nem tem brasão de glória e nem troféu!

Embora se debata em seu proveito
E na ferocidade se contorça,
Quase sempre usa a força do direito.

E o homem, que se apregoa de humanista,
Faz o Direito para usar a força
E mata em vão, na febre da conquista!
Lucan
Enviado por Lucan em 12/03/2006
Reeditado em 08/04/2006
Código do texto: T122345
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86950 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:32)
Lucan