Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
VIDA PASSADA 

Tudo no mais perfeito sincronismo;
um verso que aparenta mais idade,
algo que já foi dito, nos meus séculos
de antes, com palavras esquecidas ... 

Um discurso que cala frente o tempo,
uma cadeira vaga - teu lugar ...
De quando em vez te vejo começando
frases minhas tão claras que não falo. 

Às vezes me pareces uma esfinge
que não decifro e, fria, me devora ...
Por que, enigma? Por que foges de mim? 

Imagem do passado no presente,
memória do que fui, rumo perdido
- uma cadeira vaga: solidão ...

(Direitos reservados ao autor. Parte da coletânea "Alguns sonetos que fiz por aí ...", disponível em e-book.)
William Mendonça
Enviado por William Mendonça em 16/10/2006
Código do texto: T266163
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
William Mendonça
Tanguá - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
279 textos (55659 leituras)
16 áudios (7515 audições)
11 e-livros (33272 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:23)
William Mendonça

Site do Escritor