Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO MALUCO

Já vi mentir quem diz falar verdade
A verdade somente e nada mais.
Mas, agradável é quem desagrade
Bush com suas sanhas animais.

Já vi tratarem com muita igualdade
Os criminosos muito desiguais.
Já vi  medrar, correr como covarde,
Quem se dizia rei dos canibais!

O mundo é feito de contrastes tais
Que nos deixam bestados, sem razão,
Pobres seres sofridos e mortais.

Ara! Nem muito ao céu nem muito ao chão,
Os destinos são todos informais,
Pra que devo eu fazer comparação?!
Lucan
Enviado por Lucan em 12/11/2006
Código do texto: T289574
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86944 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:30)
Lucan