CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

CONCORDÂNCIA NOMINAL

__________________________________________

Segunda Parte

 

A Olhos Vistos (= visivelmente) é locução adverbial, portanto, invariável: Lúcia emagrecia a olhos vistos.

Pronomes de Tratamento que tenham um adjetivo como referente, concordará com o sexo da pessoa representada por este pronome: Vossa Majestade (um rei) está preocupado.

   Vossa Majestade (uma rainha) está preocupada.

Sós (= sozinho, único) é adjetivo e concordará em número com o substantivo: Os dirigentes ficaram sós (sozinhos).

A locução adverbial [a sós] é invariável: Gostaria de ficar a sós com você.

(= somente, apenas) é advérbio e invariável:

   Nesta sala, (somente) os dirigentes podem entrar.

Adjetivo Anteposto a Dois ou Mais Substantivos – Se o adjetivo vier antes de dois ou mais substantivos concordará com o mais próximo: Manifestou profundo respeito e admiração.

   Manifestou profunda admiração e respeito.

Se os substantivos forem nomes próprios, ou nome de parentesco, o adjetivo deverá ir ao plural, obrigatoriamente: Os esforçados Enéas e Luís. Os esforçados pai e mãe.

Adjetivo Posposto a Dois ou Mais Substantivos – se o adjetivo vier depois de dois ou mais substantivos, há duas opções de concordância:

1ª. O adjetivo concorda com o substantivo mais próximo:

   Encontramos uma jovem e um homem preocupado.

   Encontramos um homem e uma jovem preocupada.

Ou vai para o plural, concordando com os substantivos. Se os substantivos forem de gêneros diferentes prevalecerá sempre o masculino:

   Encontramos uma jovem e um homem preocupados.

   Encontramos uma jovem e uma mulher preocupadas.

As Exceções:

1ª. Se os substantivos forem sinônimos ou puderem ser considerados sinônimos, o adjetivo concordará com o mais próximo:

   Luís tinha ideia e pensamento < fixo.

   Luís tinha pensamentos e ideias < fixas.

2ª. Se os substantivos forem antônimos o adjetivo deverá ir obrigatoriamente para o plural: Passei dias e noites frios na Europa.

3ª. Se o adjetivo só puder referir-se ao último substantivo porque o sentido assim exige, só com ele fará a concordância:

   Comprei livros e pera madura (livros não amadurecem).

Quando Dois ou Mais Adjetivos qualificam um único substantivo, ocorrem as seguintes concordâncias:

1ª. Se houver repetição do artigo o substantivo ficará no singular concordando com um adjetivo de cada vez:

   Suportou [a] pressão interna e [a] (pressão) externa.

   O produto conquistou [o] mercado europeu e [o] americano.

2ª. Se não houver repetição do artigo, o substantivo irá para o plural juntamente com o artigo que o antecede, concordando com todos os adjetivos: Suportou as pressões interna e externa.

   O produto conquistou os mercados europeu e americano.

O Adjetivo como Predicativo do sujeito – Se o sujeito for composto, o adjetivo vai para o plural. Se os substantivos que formam o sujeito forem gêneros diferentes, o adjetivo vai para o plural masculino:

   O mar e o céu estavam serenos. O vale e a montanha são frescos.

Anteposto aos substantivos, o adjetivo concorda, em geral, com o mais próximo: Escolheste boa hora e lugar. / bom lugar e hora.

O Adjetivo como Predicativo do objeto seguem as mesmas regras para o adjetivo como predicativo do sujeito: Julgaram o filme e o ator bem fracos.

   A prática tornou respeitada a enfermeira e o médico.

Um e Outro + Substantivo + Adjetivo, o substantivo vai para o singular e o adjetivo para o plural: Um e outro aspecto obscuros.

   Uma e outra causa juntas. ®Sérgio.

Tópicos Relacionados: (clique no link)

Concordância Nominal Primeira Parte.

Concordância Nominal – Exercícios – Primeira Parte.

Concordância Nominal – Exercícios – Segunda Parte

Concordância Nominal - Exercícios - Terceira Parte

________________________________________

Ajudaram na elaboração deste trabalho: Cegalla, Domingos Paschoal. Dicionário de Dificuldades da Língua Portuguesa. Ed. Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 1996. / Rocha Lima, Carlos Henrique da.  Gramática normativa da língua portuguesa. 45ª ed.  Rio de janeiro: José Olympio, 2006.

Se você encontrar omissões e/ou erros (inclusive de português), relate-me.

Agradeço a leitura e, antecipadamente, qualquer comentário. Volte Sempre!

Ricardo Sérgio
Enviado por Ricardo Sérgio em 25/09/2005
Reeditado em 28/07/2012
Código do texto: T53772
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Ricardo Sérgio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 66 anos
1281 textos (14089141 leituras)
7 e-livros (5896 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/14 12:22)