Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MOVIMENTO ESPIRITUALISTA

______________________________________________

Movimentos Modernistas Brasileiros

 

Os movimentos modernistas anteriores buscavam uma literatura nacionalista, daí os temas brasileiros (o folclore, o nativo, as paisagens, etc.). Esse cenário, no entanto, iria mudar. A partir de 1928, uma nova geração de poetas, cansados de tanto Saci-Pererês, Caiporas, Negrinhos do Pastoreio, etc., iniciam em nossa poesia, um novo movimento: O Movimento Espiritualista.

Desde 1927, circulava no Rio de Janeiro a Revista Festa, sob a direção de Tasso de Oliveira e Álvaro Pinto. Era a revista, um prolongamento do Simbolismo. Combatia as várias facções do Modernismo sob o pressuposto de constituir o único grupo autenticamente modernista. Entre seus colaboradores, nomes como Cecília Meireles, Tristão de Ataíde e outros.

Portanto, o centro do novo movimento não é mais São Paulo, e sim o Rio de Janeiro. Lá, em 1928, o poeta Augusto Frederico Schmidt (1906-1965) publica Canto do Brasileiro Augusto Frederico Schmidt, consumando definitivamente o movimento.

Não quero mais o amor,

Nem mais quero cantar a minha terra.

Me perco neste mundo.

Não quero mais o Brasil

Não quero mais geografia

Nem pitoresco.

Quero é perder-me no mundo

Para fugir do mundo.

(Schmidt, A. F. Poesias Completas. Rio de Janeiro, José Olympio, 1956.)

Sobre o poema, Luis Agostinho Candore¹ comenta: "O poeta quer perder-se no mundo, quer assumir uma atitude universalista em contraposição à atitude nacionalista existente. Mas não se trata de uma aspiração supranacional que tentasse atingir a humanidade suprimindo a nação. Mais do que a humanidade o poeta quer alcançar o próprio homem, a sua alma, igual em todas as latitudes e em todas as épocas. Daí os temas: Amor, Morte, Solidão, Mistério, etc.".

Como exemplo da poesia espiritualista leia o poema A Ausente de Augusto Schmidt, clicando AQUI! Nele, encontrarás como tema a efemeridade do tempo, da vida, em direção à morte.

O movimento espiritualista tinha, portanto, como características conservar a herança Simbolista que enfatizada a tradição e o mistério; dar destaque aos temas universais; voltar-se para o interior do ser humano e afirmar os valores espirituais do homem.

Participaram desse movimento, nomes como: Jorge de Lima, Tasso da Silveira, Murilo Mendes, Alceu Amoroso de Lima, Adelino Magalhães, Cecília Meirelles, Murilo Araújo, e muitos outros. ®Sérgio.

Tópicos Relacionados: (clique no link)

Movimento Pau-Brasil e Antropófago.

Movimento Verde-Amarelo.

O Praxismo – Movimentos Modernistas Brasileiros.

____________________

1 – Cadore, Luís Agostinho. Curso Prático de Literatura. 2. Ed. São Paulo: Ática, 1998, p. 397.

Ajudou nesse estudo: Moisés, Massaud. História da Literatura Brasileira: Modernismo. V. 5. São Paulo: Cultrix, 1996.

Agradeço a leitura e, antecipadamente, qualquercomentário.

Se vocêencontraromissões e/ou erros (inclusive de português), relate-me.

Ricardo Sérgio
Enviado por Ricardo Sérgio em 14/01/2011
Reeditado em 16/01/2011
Código do texto: T2729814
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Ricardo Sérgio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 71 anos
1281 textos (27773332 leituras)
7 e-livros (9888 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/19 10:27)
Ricardo Sérgio