Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
HPV - Como é que se pega?

Desde a época em que eu publiquei os artigos sobre HPV tenho recebido sistematicamente, tanto no Recanto das Letras, no Clube da Menô, quanto em meu site pessoal, o Clube da Dona Menô, perguntas cada vez mais pessoais sobre tal infecção. Dentro do possível, quando vejo que a carta é séria, eu a respondo particularmente, porém certas perguntas são de interesse geral - e sempre vale a pena bater na mesma tecla, pois educação sexual é constante explicação e esclarecimento.

Quero que saibam que depois de eu ter escrito tais textos, mesmo que tentem a toda hora prevenir a infecção por HPV, dezenas e dezenas de meninas e mulheres adquiriram o vírus, e umas evoluíram para o câncer.

Como pelo menos minhas pacientes são bem acompanhadas, as que apresentaram lesões malignas foram curadas e nem precisaram retirar útero e  ovários, pois a malignidade foi a tempo detectada apenas no colo uterino, restringindo-se a cirurgia à ressecção da área afetada no colo (conização do colo do útero).

O acompanhamento é pelo resto da vida, pois outras áreas do colo, vagina e vulva podem estar contaminadas com o vírus sem ainda mostar alterações no tecido. 

Para isso são necessárias consultas periódicas dessas pacientes, mesmo estando saudáveis e com preventivos negativos pra HPV.

Nada impede que uma mulher adquirira HPV duas ou mais vezes durante a vida, uma vez que se contaminam com outros parceiros - ou até o mesmo parceiro, que não quis ir ao médico e está contaminando, transmitindo a virose...

Outro problema é acharem que uma mulher limpa ou um homem limpo, ainda mais com alguma condição social, e  inteligentes, jamais possuiriam o vírus...

Ledo engano! Todos os seres humanos, mesmo com todas as prevenções possíveis, se bobearem, serão vítimas, independentemente de classe social ou cultural! A maioria desconhece sobre o contágio - e outros não ligam se vão ou não contaminar alguém.

Recebo perguntas recentes de uma leitora:

"Este vírus pode se pegar em toalhas, roupas usadas ou contato com a pele, ou só em transfusão de sangue e relação sexual?"

Abaixo (EM VERMELHO) passo as minhas respostas, mas para saberem mais sobre o assunto, sugiro lerem meus textos anteriores. Terão que copiar e colar o links:

HPV - O que é?
http://www.recantodasletras.com.br/cronicas/457411
HPV - Zé Nota Dez 
http://www.recantodasletras.com.br/artigos/457416 
HPV - Vacina 
http://www.recantodasletras.com.br/artigos/769398 
HPV - Dúvidas sobre a vacina 
http://www.recantodasletras.com.br/artigos/769378 
HPV - Em PPS 
http://www.recantodasletras.com.br/e-livros/769367

HPV - Encarando a contaminação
http://www.recantodasletras.com.br/artigos/1001448
HPV - O homem contaminado
http://www.recantodasletras.com.br/artigos/1293039

RESPOSTA À LEITORA:

O  Papovavírus pode ser transmito através de roupas recentemente contaminadas. Você teria que vestir, por exemplo, uma roupa íntima de outra pessoa imediatamente depois que ela a usou. Se esta for lavada, não estará correndo risco. Dá pra entender? O mesmo ocorre com as toalhas
etc.

HPV não se contrai através de transfusão de sangue. Não estamos falando de HIV (AIDS). O contágio pelo PAPOVAVÍRUS HUMANO (HPV) é por contato direto com a pele ou mucosas.

Há alguns trabalhos sobre transmissão hematogênica (pelo sangue) para o feto, através das gestantes, mas isso é muito pouco provável. Neste caso é mais comum a contaminação do bebê através da vagina ou vulva durante o parto por via baixa - parto normal.

Sexo oral e sexo anal também transmitem o vírus, e nestas áreas, também pode ocorrer o câncer. Não é preciso penetração vaginal para adquiririr a doença. Basta ENCOSTAR nas genitálias ou regiões contaminadas, mesmo na boca.

A vulva, a parte externa da genitália feminina, e o pênis podem estar com aspecto normal, mas já terem lesões detectadas em lente de grande aumento. O exame se chama peniscopia (no homem)  e colposcopia (na mulher).

O preservativo masculino ou feminino não evita tototalmente o contágio, caso as lesões não estejam encobertas pelo mesmo. 




Leila Marinho Lage
Enviado por Leila Marinho Lage em 24/01/2010
Reeditado em 26/01/2010
Código do texto: T2048180

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ao copiar e divulgar meus textos, imagens, áudios e apresentações em power point slides, dar os créditos devidos e citar meus sites: http://www.clubedadonameno.com e http://www.clubedameno.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leila Marinho Lage
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
1028 textos (644436 leituras)
25 áudios (16919 audições)
154 e-livros (54466 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/11/14 23:02)
Leila Marinho Lage

Site do Escritor



Rádio Poética